terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Teresa Fonseca: Das estradas para as casas

A reestruturação da empresa de construção de obras públicas no final de 2012 foi o rastilho para a mudança de vida de Teresa Fonseca. Para trás ficaram 21 anos no mesmo setor, na mesma empresa, a MonteAdriano. Tinha 49 anos. 

O país vivia uma crise que arrastou o setor das obras públicas. A Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas falava num aumento de 60% do número de falências no setor.


Fonte: DV