terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

É importante fugir dos centros

A reabilitação urbana deve deixar as zonas históricas e de determinados edifícios para abranger todo o país. 

A reabilitação urbana em Portugal está a passar, ao mesmo tempo, por momentos distintos. Lisboa e Porto vivem dinâmicas económicas específicas que atingem sobretudo os respectivos centros históricos, dando visibilidade a essas áreas e, por arrastamento, à reabilitação urbana, que está, assim, "mediatizada", explica Jorge Gonçalves, professor no Instituto Superior Técnico.

Continuar a ler...

Fonte: Negócios