terça-feira, 4 de abril de 2017

Leilão de imóveis do Centro Hospitalar de Lisboa Central rendeu €9,5 milhões

O leilão de imóveis detidos pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central realizado esta tarde no âmbito da IV Semana da Reabilitação Urbana Lisboa valeu um encaixe de €9,5 milhões. O retorno da iniciativa será integralmente aplicado em investimentos de substituição de equipamentos médicos.

O leilão decorreu no Hotel Lisboa Plaza, junto ao Parque Mayer, e foi realizado pela Direção-Geral do Tesouro e Finanças, resultando na venda da totalidade dos 12 prédios integrados no lote e superando em muito o seu valor base agregado de €6,4 milhões.

Os imóveis foram construídos na primeira metade do século XX e localizam-se nas freguesias da Misericórdia, São Vicente e Santa Maria Maior, na zona histórica de Lisboa. O maior dos imóveis tem uma área bruta de 1.612 m2 e o mais pequeno 99 m2, correspondendo, este último, a um terreno com escombros do edifício que ruiu. O valor de licitação mais elevado era de €2,2 milhões e, além deste, apenas outro edifício tinha um valor base de licitação superior a €1 milhão. Dos restantes 9, apenas um estava acima do patamar dos €500 mil. O valor de licitação mais baixo deste lote é foi €132 mil.

Recorde-se que o lote inicialmente previsto incluía 13 imóveis, com um valor total de €7,6 milhões. O proprietário retirou, contudo, um imóvel com um valor de base de cerca de €1,2 milhões, pelo que, à data da ação, o lote para licitação contemplava 12 imóveis, com um valor base total de €6,4 milhões.

Fonte: Semana da Reabilitação Urbana