terça-feira, 11 de abril de 2017

Subida do preço das casas “não é sustentável”

Preços poderão crescer mais 4% em 2017. Investidores e famílias começam a olhar para as periferias como alternativa aos centros históricos.

Os preços da habitação em Portugal dispararam 7,1% no ano passado, mais do dobro do verificado em 2015. Os dados são do Instituto Nacional de Estatística, que destaca que esta subida é a mais elevada desde o quarto trimestre de 2010. 


Fonte: DV